A preparação para conhecer Curitiba

Curitiba é uma cidade linda, com muitos parques, museus, bares e pontos turísticos lindos que não podem ficar de fora do roteiro, a  questão toda foi saber exatamente o que visitar no tempo de estadia na capital do Parana. Inicialmente pedi indicações a amigos e conhecidos que já tiveram visitando a cidade, mas como cada um tinha um tempo e roteiro diferente do outro fui me apegando a pontos fortes que todos me passavam. Deu um pouco de medo pois era uma cidade que não conhecia nada, mas aventuras são aventuras.

A data

A data foi meio que por falta de opção, eu e minha amiga estávamos saindo de ferias na mesma época, na verdade ela já estava com as ferias marcadas e eu ia fechar um ano e iria forças as minhas ferias. Então o plano era único, ir em Agosto, sim um dos meses mais chuvosos aqui para o sul do país, mas não tinha muita escolha. Tem gente que recomenda ir de outubro a maio, mas Curitiba chove quando menos esperar então isso não seria impedimento.

As passagens

As passagens foram mais complicadas, pois os valores estão altos mesmo com um certo tempo de antecedência, mas não perdia a fé e todos os dias eu olhava nas três companhias áreas para ver qual seria mais barato, e em uma queda de valor na Azul comprei e estava resolvido essa parte. Mas agora a gente tinha data, passagens e não tinha hotel.

O hotel

Pesquisamos alguns hotéis no centro de Curitiba para que ficássemos perto de tudo, sem precisar gastar muito com transporte, apos algumas pesquisas, de valor, localização e melhor custo beneficio com cafe da manhã e indicação do meu ex-treinador de funcional escolhemos o Hostel Che Largato, com um boa localização perto de um bairro nobre e com uns 4 shoppings na volta (não ficamos só no shopping kkk), ele fica Rua Desembargador Motta, 1181, bem pertinho do shopping Curitiba e tem opções bem legais de acomodação, tipo a que nós pegamos com duas camas , banheiro e café da manhã incluso. E posso dizer que o café da amanhá é muito bom, com variedade de pães e bolos, fora o atendimento da galera que fica na recepção. gente fina. Recomendo muito para quem vai fazer tur!

O mapa e agenda

Então, já tinha tudo definido, datas, hotel e passagem, mas agora vinha o real desafio, organizar tudo que irmos visitar. Era bastante coisa e precisa organizar cada lugar de uma forma que não ficasse fazendo zigui zague por Curitiba. Com isso contei com a ajuda de alguns itens para ajudar a me organizar, e como uma boa UX nada que o melhor amigo POST IT.

Eu pequei um bloco de post it e canetas coloridas e fui fazendo um mapa na parede do meu quarto com o nome, endereço dias e horários de funcionamento de cada lugar, sim horários e dias de funcionamento são bem importante pois tem lugares que abre em um dia e não abre no outro e isso podia gerar frustração.

Depois de organizar os pontos turísticos eu usei uma função que até então não conhecia do Google Maps, a opção de criar mapa personalizado com os pontos desejados e com ícones que identifica cada lugar com cores de sua preferencia. achei super útil pois fica melhor de ver no mapa a onde mais ou menos a onde ficava a distancia de um ponto a outro.

Depois de saber a onde era cada ponto eu montei na minha agenda do Google o itinerário de cada dia, já que uso Android fica melhor de controlar, os horários era mais para marcação poucos lugares precisa de um horário fixo.

 

Os links importantes

Links importantes para quem vai para Curitiba:

 

 

 

Previous Post Next Post

Também recomendamos