A sensação dos 30 anos

Tem muita gente que faz uma lista com 30 coisas par se fazer entes dos 30 anos, nesse ponto eu fui um pouco diferente e resolvi ter uma lista com 42 duas coisas importantes para se fazer até os 42 anos. Para quem não sabe 42 é a resposta sobre o sentido da vida, do universo e de tudo mais , mais esse post não se trata de uma lista de 42 itens a se fazer e sim sobre um item dessa lista que queria fazer quando tivesse 30 anos.

Em meio a todas as turbulências que tive no ano passado, resolvi que quando fizesse 30 anos eu saltaria de paraquedas, eu tenho muito medo de altura, mas queria muito ter essa aventura. Em Novembro eu resolvi que sairia de casa sendo esse mais um item da minha lista e com eu tive que abandonar a ideia de pular de paraquedas, pois com os gastos da mudança e a nova rotina financeira não teria como. Já estava conformada que isso teria que ser adiado quem sabe para os 31 anos, mas no dia do meu aniversario em um dos eventos que fiz para comemorar eu tive a grande surpresa vindas da mão do Hezrom, ele me entregou uma cartinha do pokemon e nela tinha um Pikachu com balões desenhados, e com minha cara de quem não estava entendendo nada ele me informou que no dia 31 de março eu faria o salto de paraquedas.

A minha cara foi de espanto e a minha primeira reação foi dizer não, que não daria aqui, que ele estava louco, era muito gasto e não teria o porque. Mas ele estava decido e eu iria fazer o salto querendo ou não querendo heheheh. No dia 31 de maço fomos atá a cidade de Osório - RS para fazer o salto.

Naquele dia o tempo não estava muito bom, estava nublado e quente previsão era para chuva e o salto poderia não acontecer, mas ele aconteceu. Inicialmente eu não fiquei nervosa, agi com tranquilidade, escutei tudo que o instrutor me passou, entre naquele avião sem saber o que poderia acontecer, como eu iria reagir , seria de fato seria bom. Foram 30 minutos entre a decolagem e o salto, nesses 30 minutos tive diversas reações, fiquei enquanto com uma vista deslumbrante em quanto o avião subia, foi descontraído, pois os três paraquedistas conversaram comigo e me contaram como era, mas a 5 mil pés de altura eu tive a primeira sensação de frio na barriga, um dos paraquedistas ia saltar e quando a porta do avião abriu a brisa foi o suficiente para eu ver que não teria volta e que seria uma grande aventura.

A porta se fechou novamente e lá estava eu, o instrutor que iria saltar comigo e mais um paraquedista, eles começaram a fazer os ajustes e eu sabia que a qualquer momento eu estaria caindo, então a porta voltou a abrir novamente todos se posicionaram e dependente eu estava la caindo, caindo e caindo olhando a aquela vista e tendo emoções que até agora não consigo explicar, foi um momento único, inexplicável  e com lembranças maravilhosas.

A sensação de ter 30 anos e de liberdade, depois desse salto eu comecei a ver as coisas de uma forma diferente, comecei ter  vontade de ter mais aventuras e a Tatieli aventureira que estava adormecida agora grita dentro de mim pedindo por mais, agora é focar e seguir o restante da lista para que tudo seja vivido até os 42 anos, e não que ira acabar nessa idade, mas ter um objetivo e sonhos e o que nos motiva.

Não partam dessa vida sem ter essa experiencia! Salte de paraquedas, essa sensação é unica!

;

Previous Post

Também recomendamos