Bobina de Tesla no Fisl 14

     Para quem teve a oportunidade de estar no maior evento de software livre internacional deve ter passado alguns minutos do seu tempo admirando a Bobina de Tesla. Para quem não sabe o que é a Bobina de Tesla,  criada por Nikola Tesla o qual é considerado um dos maiores inventores dos últimos séculos. Ele viveu entre 1856 e 1943 e deixou diversas contribuições no estudo da eletrotécnica e da engenharia mecânica. Entre as suas inúmeras invenções, uma das mais conhecidas é a bobina de Tesla. Trata-se de uma espécie de transformador construído com materiais simples e que é capaz de gerar tensões muito altas, o que resulta em faíscas elétricas que podem chegar a vários metros de comprimento.

 

DSC_0163

     Agora que já sabem o que é. Os participantes do Fisl 14 poderam conferir e até participar dessa experiencia, com o auxilio de  Grégory Gusberti, o  responsável pela criação daquela que é a maior bobina de Tesla do Brasil e, talvez, a maior da América Latina. Aficionado pelo assunto desde os 14 anos, ele criou um dispositivo capaz de gerar descargas de mais de 700 mil volts.

Muitos dos participantes puderão entrar na gaiola para encarar de frente a descarga elétrica sem ser atingido, não foi por falta de coragem que eu não fui, mais fiquei fascinada pela bobina, principalmente na hora que a descarga entrava em contato com a gaiola, pode ser loucura, mas me deu vontade de em constar na descarga elétrica(sinistro). Além disso Grégory Gusberti desafiou alguém  a tocar uma música na bobina e deu certo.

Para quem quiser saber mais sobre os trabalhos de Grégory Gusberti, pode curtir  a fanpage ou o canal no youtube.   Quer ver mais fotos sobre o evento Flickr.

Fotos: Hezrom Holci.

Previous Post Next Post

Também recomendamos