Doctor Who Shada

Sinceramente nunca assisti Doctor Who, mas sempre li  e acompanhei novidades sobre o seriado, sou fã de Douglas Adamas e unindo esses dois fatores fiz o que muitos fãs de Doctor Who teme fazer, li o Shada. Não falei dessa forma por ironia, mas em quanto lia muitos pessoas que são fãs da serie me perguntaram se o livro era bom? o que eu estava achando? ou se já tinha assistido a serie? E isso me fez pensar que a maioria dos fãs tem receio de ler.

Como falei nunca assisti, mas li o livro e isso só me fez ter mais vontade de conferir a serie, mas nos últimos e próximos mês o trabalho da faculdade estão me tomando muito tempo. Tinha em mente que o livro se tratava de um episodio que não foi gravado, o  livro narra a história de Skagra, que quer dominar o universo com uma tal de Mente Universal. Sua intenção é roubar todas as mentes que ele considera relevantes e poderosas e anexá-las à sua, de modo que as tenha sob controle e possa dominar todos os seres existentes. Pouquíssimo petulante, super pé no chão, um amor de pessoa. Para que tal objetivo possa ser cumprido, ele quer chegar à Shada a prisão esquecida dos Senhores do Tempo. Por que esquecida? Amigo, eu tive de ler o livro todo pra descobrir, não te contarei essa informação de graça.

doctorwho_shada
Só que há um problema: ele tem de ter o livro O venerável e ancestral livro das leis de Gallifrey em mãos para poder descobrir a localização da prisão. E onde está o livro? Nesse lindíssimo planeta que vive se metendo em confusões extraterrestres. Para ser mais exata, o livro está em Cambridge, sob o cuidado do super simpático professor Chronotis que é um Senhor do Tempo aposentado, aliás. Um dia o professor, no intuito de ajudar seu aluno Chris Parsons, diz que ele pode pegar todos os livros que precisar de sua biblioteca pessoal. Adivinha qual, além dos que eram de sua necessidade, o lindo pega? Exatamente. Algum tempo depois, o Doutor chega alegando que o professor havia enviado uma mensagem para ele pedindo que fosse vê-lo o mais rápido possível. Chronotis lembra-se disso? Não. Aí, em meio à essa confusão de "coincidências" um monte de bagunças têm início.

O livro consegui-o me prender que li em 3 semanas um recorde para mim que sempre tenho que parar a leitura para fazer outras atividades, achei o livro muito bom, mesmo não sendo totalmente de Douglas Adams, me senti encantada e me despertou a vontade da serie. Não vou forçar a ninguem ler, mas acho que todos os fãs da serie deveriam deixar esse receio de  lado e se aventurar. Fica a minha singela opinião.

Previous Post Next Post

Também recomendamos