Browsing Tag

Tati’s point of view

Tati’s point of view

Hoje completa um ano que comecei meu tratamento com uma psicologa, exatamente no dia 21 de fevereiro foi a minha primeira consulta. Lembro de já estava exausta, sem animo e muito menos com nenhum expectativa.  Procurei ajuda pois não aguentava mais os conflitos dentro de mim, eu não sabia mas o que fazer, tudo aquilo parecia ser um gatilho para algo pior, falar de depressão é algo difícil as vezes, as pessoas ainda levam isso como um tabu, como uma doença de frescuras. Tenho amigos que acham que procurar ajuda psicológica é para louco, que capas que eles fariam  isso, e Deus o livre se alguém da família deles(as) procurassem esse tipo de ajuda.

Eu nunca falei explicitadamente aqui no blog sobre isso, sempre achei que seria mais um post de lamentação, mas quem me conhece sabe o quando esse ano refleti-o na mudança por aqui, eu parei de postar com frequência, eu não tinha muito o que falar e nada me agradava, Esse um ano de tratamento fez eu me conhecer melhor, fez eu aprender a lidar com muitas questões da minha vida, mas ainda sigo em tratamento, ainda sigo buscando muitas respostas e algumas sei que não vou encontrar. Mas posso dizer que esse ultimo ano me trouxe muito crescimento e mudanças boas, eu larguei pessoas que não me faziam bem, afastei elas de mim, eu troquei de emprego, fui para um novo desafio, que a cada dia me desafia mais e mais, eu consegui sair de casa e agora tenho um Q.G para chamar de meu e agora tenho uma nova missão dada pela minha psicologa, ver cada dia de uma forma diferente, por mais que ele seja igual.

Por isso no meu instagram particular eu criei a Hashtag #Tatispointofview , nela eu posto sempre uma foto com um número do dia, essa foto representa o meu ponto de vista ligado com o sentimento daquele dia. Parece estranho, mas ajuda muito a se entender e ver o que de fato é importante. Para algumas pessoas é só uma contagem para mim são sentimentos. Se você tiver uma amigo um parente ou alguém que esteja passando por algum tipo de depressão ou problema parecido, não o julgue e sim o ajude, as vezes é muito difícil a gente reagir, mas quando se tem apoio fica um pouco mais fácil.